sábado, 9 de agosto de 2008

Batman - The Dark Night (Chistopher Nolan, 2008)

Essa semana fui ao cinema assistir ao novo filme do Batman: Batman - The Dark Knight.

Demorei um pouco por que gostaria de assistir numa sala mais bacana e com pessoas mais próximas, por isso, na última quinta-feira, fui com alguns amigos da faculdade ao Kinoplex, localizado no Itaim Bibi, onde pudemos assistir ao filme numa sala certificada com o THX, a melhor qualidade de som 5.1 existente no planeta...

Chistopher Nolan("Batman Begins", "O grande truque") mais uma vez supera nossas expectativas assim como fez com Batman Begins. O filme é muito bem dirigido, os enquadramentos são muito precisos e as atuações muito impressionantes. Todos estão muito bem no filme, Christian Bale("O império do sol") retorna no papel do morcegão que tenta combater o crime em Gothan, Aaron Eckhart faz sua estréia como o promotor público Harvey Dent, além de é claro Gary Oldman como Jim Gordon, Morgan Freeman como Lucius Fox e o insuperável Michael Caine no papel de Alfred. Esqueci de alguém? Ah, é claro, Heath Ledger se torna o curinga mais assustador de todos os tempos, não engraçado como Jack Nicholson, e sim demoníaco como nosso querido Alex de "Laranja Mecânica" (S. Kubrick, 1971), um dos objetos de estudo do ator para encarar o personagem. Em diversas cenas do filme entramos em desespero pela chocante atuação de Ledger, existem os momentos sarcásticos é claro, mais em sua grande maioria são cenas de tensão em que ficamos paralisados com a forte energia negativa que o personagem consegue exercer sobre os habitantes de Gothan City. Não vale a pena citar nenhum trecho do filme para não tirar o gostinho...

Existem rumores de que Ledger pudesse ser indicado à um oscar póstumo, se isso acontecesse seria a segunda a vez na história do Oscar, a primeira aconteceu em 1976, com o ator Peter Finch por sua atuação em "Rede de Intrigas" (I. Kershner, 1976). Seria um acontecimento simplesmente fantástico...

Alguns amigos me disseram que o nome do filme está errado, deveria se chamar "The Joker"("O Curinga"), eu discordo. Acho que quanto menos atenção se traz para um personagem maior é seu desempenho, parabéns para Heath Ledger...

Espero que todos vejam e apreciem esse grande filme...e deêm muitas risadas, afinal: "Why so serious?"


*Renan Lima é editor do Audiovisueiros

Nenhum comentário: