sexta-feira, 25 de abril de 2008

Uma Enrolação só!

Então pessoal, visitantes, amigos!

Para quem ainda não sabe, lá na faculdade estamos fazendo alguns curtas metragens para concluir o semestre, e está uma correria só! Então eu e o Renan tivemos de cancelar nossa reunião de hoje! Forças maiores... O Renan está agora na locação, que hoje é uma quadra de futebol (se eu não me engano), e hoje mesmo quando saí da faculdade estavamos verificando equipamentos. No final do semestre os vídeos estarão postados aqui! Mas mesmo sem a presença do Renan, acho que posso simular um relatório, falando um pouco dos projetos que estamos envolvidos.

Eu estou em quatro projetos, e deles, dois o Renan também está.
Semana passada tivemos uma pequena pedra no sapato: já era a segunda vez que a locação era a minha casa, mas o grupo teve de gastar uma diária a mais de filmagem graças a atrasos (pois na pré produção planejamos apenas um dia na minha casa). Faltavam poucas cenas e não demoraríamos muito para finalizar lá em casa. Eis que começamos a sentir um cheiro de queimado. O Dedo Light (refletor) deu um curto circuito e queimou o cabo de energia! ficamos com um refletor a menos.

Um outro grupo que faço parte esta filmando um monte de cenas na casa de uma menina do grupo, e eles inclusive pintaram as paredes!!! se um dia vocês quiserem pintar sua casa, ofereçam-na como locação.

Em um outro grupo tivemos um problemão, porque uma das cenas foi filmada em um beco no Bairro do Socorro, no fim de tarde. Então, como já era de se esperar, foram roubados. Mas uma coisa incrível é que os ladrões não levaram os equipamentos, apenas a vara de Boom! Aquela vareta que segura o microfone! hahahahaha Eu não estava na locação, e deixei os meus walk-talks com eles (foram roubados...), mas o Julio (diretor de fotografia) me contou que antes deles roubarem viraram para eles e perguntaram: "isso é pra chamar a polícia?!". O Júlio, desesperado (coitado), falou com a maior pressa do mundo:
"não não! um fala com o outro! um fala com o outro!"

Dias depois, quando foram filmar em outra locação que era em uma rua, os meninos do grupo tiveram que ficar de guarda em volta do set, e uma das meninas do grupo (Heloisa, ass. de direção) fez um comentário que descreve bem a cena:
"Seria cômico se não fosse trágico..."



Enfim, apesar dos pesares, tudo está indo bem. Estressante, mas funcionando...

Até mais!

*Guilherme Ferrari é colaborador do Audiovisueiros

6 comentários:

Suzana disse...

Há venturas.

bjs

A.Tapadinhas disse...

Socoooooorro! Filmar nesse bairro? Só podia dar nisso!
Abraço.
António

zuleica-poesia disse...

Meu coração treme! Não há perigo só nas cenas de trombadas! Que seus anjos da guarda fiquem espertos!-beijos

Gui Ferrari disse...

é uma zona mesmo... daqui a pouco os seguranças vão ter de entrar no orçamento.

Nat... who??? disse...

Fato!

Renan Lima disse...

Como dá trabalho fazer um curta!